Ergonomia
no home office

Conheça dicas para preservar
o conforto ao trabalhar de casa

O home office, adotado por milhares
de empresas durante a pandemia
de covid-19, traz alguns desafios
envolvendo o conforto na hora
de se realizar as atividades

Foto Unsplash

Mesmo em casa, trabalhar
por muitas horas ininterruptas
diante do computador pode causar
desconfortos e problemas de saúde

Foto Pexels

Foto Unsplash

Pensando nisso, o Nexo reúne a seguir
algumas dicas básicas de ergonomia,
disciplina que tem como objetivo
otimizar o bem-estar humano
e o desempenho de um sistema

Uma cadeira ideal deve permitir
que o usuário faça ajustes na
inclinação do encosto e na altura
do assento e dos apoios de braço.
O corpo deve poder se mover,
mas também estar bem apoiado

A CADEIRA

Foto Unsplash

Na cadeira, a coluna vertebral
deve ter o formato da letra “S”,
sem o indivíduo se curvar para
frente, formando o formato da letra
“C” e nem se mantendo tenso
e completamente ereto

Gif Tenor

Os braços devem estar na altura da
mesa e os pés encostando no chão.
Para pessoas mais baixas, é possível
comprar apoios específicos para os
pés ou então usar caixas ou livros
como suportes no chão

O topo do monitor deve estar
na altura dos olhos. É possível
usar livros para fazer o ajuste.
Também é recomendado que
a distância entre os olhos e
a tela seja entre 45 e 70 cm

A TELA

Foto Unsplash

Devem ser posicionados na altura
dos cotovelos, próximos da beirada
da mesa. Para usos prolongados,
o notebook serve apenas como
monitor — o ideal é usar mouses
e teclados externos

MOUSE E TECLADO

Foto Unsplash

Texto
Cesar Gaglioni

Fontes: Associação Internacional de Ergonomia e Posturite

LEIA MAIS

ASSINE O NEXO

Apoie o jornalismo
independente de qualidade
e tenha acesso ilimitado
a conteúdos como esse.