5 livros para colocar
a sustentabilidade
em prática

Cristal Muniz indica obras que pensam em soluções a partir
da coletividade

Foto Reprodução

Cristal Muniz decidiu, em 2015,
que pararia de produzir lixo.
Para compartilhar essa jornada,
ela criou o projeto Um Ano Sem Lixo,
onde mostra alternativas sustentáveis
para os desafios da vida urbana

Foto Reprodução

O projeto cresceu e, em 2018,
ela publicou o livro “Uma vida
sem lixo” (Editora Alaúde),
a primeira obra brasileira sobre
como ter uma vida lixo zero

— Cristal Muniz

“Fazer mudanças em casa
é superimportante, porém
precisamos pensar na
questão além da primeira
página, ou seja, pensar em
soluções coletivas que de
fato nos levem à mudança”

Ao Nexo, ela indicou cinco livros que
pensam em soluções coletivas a partir
dos nossos objetivos e desejos

Foto Unsplash


Sociedade do cansaço

Byung-Chul Han

“Entender a sociedade do cansaço
é importante para saber como os
problemas coletivos acabam
sendo cooptados para soluções
individualizadas”


Resista: Não faça nada

Jenny Odell

“Ajuda na reflexão sobre quanto
tempo e energia colocamos em
coisas que não mudam nossa vida
– deixando o capitalismo predatório
monetizar nossa atenção”


O terceiro prato

Dan Barber

“Um livro para entender os impactos
da globalização, da indústria de
ultraprocessados e como a comida
desempenha um papel crucial nas
mudanças climáticas e na saúde”


O bem viver

Alberto Acosta

“Uma leitura muito boa para rever
o que pensamos como solução para
crescimento, qualidade de vida
e outros mitos”


Se quiser
mudar o mundo

Sabrina Fernandes

“Não existe sustentabilidade sem
coletivo, sem política, sem o fim do
capitalismo. A autora [mostra] como
dá para organizar um mundo
que seja diferente”

Texto
Cristal Muniz

Arte
Gustavo Balducci

LEIA MAIS

Apoie o jornalismo
independente de qualidade
e tenha acesso ilimitado
a conteúdos como esse.

ASSINE O NEXO