Como discutir
política sem
baixar o nível

Os tempos são de polarização acirrada, mas há dicas que ajudam a debater
de forma mais elegante e produtiva

Navegar pelas redes sociais mostra
o quão obsoleto ficou o dito popular
de que “futebol, religião e política
não se discute”. E muitas vezes
laços afetivos se desgastam
por conta de divergências

Foto Unsplash

Muito se fala, e pouco se ouve.
Muito se prega, pouco se debate.
E quando há troca, esta acontece
menos como debate e mais
como disputa, sempre com
cada lado buscando ter a última
palavra e “vencer”

Foto Unsplash

Bons debates servem para gerar
conhecimento. Segundo
Aristóteles, são “encontros
dialéticos entre pessoas que
participam de argumentos não
com o propósito de competir,
mas para testes e investigação”

Foto WikiCommons

O Nexo apresenta dicas para
encarar um debate em que o aspecto competitivo é menos importante
do que a circulação de ideias

Foto Unsplash

Segundo o autor americano
Grenville Kleiser, que escreveu
dezenas de livros sobre oratória
no começo do século 20, há
pessoas com quem não vale a
pena perder tempo debatendo

AVALIE SEU
INTERLOCUTOR

Foto Getty Images

Entre elas, há o “dogmático”
(“que resiste à prova mais
evidente da verdade”),
o “imperioso” (“que gosta
de impor seus sentimentos”)
e o “egoísta” (“que se deleita
em ouvir a si mesmo”)

Foto Getty Images

Entrar em discussão sem
conhecer bem o tema é má ideia.
Se seu interlocutor também
estiver desinformado, será uma conversa rasa. Caso contrário,
você pode passar vexame

INFORME-SE
ANTES DE OPINAR

Foto Getty Images

Fuja dos achismos. Use números,
estudos e pesquisas para embasar
seus argumentos, mas lembre-se
que dados também estão abertos
a diferentes intepretações

PREFIRA FATOS
A OPINIÕES

Foto Unsplash

A procedência das informações
compartilhadas tem que ser
um ponto sagrado. Apresentar
notícias inverídicas como
“argumento” sabota sua
credibilidade como debatedor

CHEQUE SEUS FATOS

Foto Unsplash

Ao fazer generalizações,
seu discurso fica com cara
de superficial e perde força.
Por outro lado, se um debatedor
se utilizar delas, abre espaço para
que você o rebata com sucesso

NÃO GENERALIZE

Foto Unsplash

É comum imaginar a argumentação alheia dentro de um conjunto
de clichês baseado em ideias
pré-concebidas. Procure diferentes
perspectivas e tente se colocar
no lugar do outro

CONSIDERE
O OUTRO LADO

Foto Unsplash

Debater com a emoção no lugar
da razão talvez seja catártico
por alguns segundos, mas não
constrói nada. Deixe de lado o
sarcasmo, a ironia, o xingamento
e o famigerado CAPS LOCK

SEJA GENTIL

Foto Unsplash

Texto
Camilo Rocha

Arte
Thiago Quadros

LEIA MAIS

ASSINE O NEXO

Apoie o jornalismo
independente de qualidade
e tenha acesso ilimitado
a conteúdos como esse.