5 livros sobre as
raízes do Carnaval

Luiz Antonio Simas indica obras
que mostram por que a festa é chave
essencial para entender o Brasil

Professor e historiador,
Simas tem mais de 20 livros
publicados, vários sobre
Carnaval e escolas de samba.
Junto com Nei Lopes, ganhou
o Prêmio Jabuti pelo “Dicionário 
da história social do samba”

Foto Reprodução

Foto Getty Images

Tambem de sua coautoria,
Arruaças” tem um ensaio disponível
na seção “Trechos” do Nexo.
Colaboração com Luiz Rufino e
Rafael Haddock-Lobo, o livro
celebra as formas de sabedoria
popular brasileira

—Luiz Antonio Simas

“O Carnaval é espaço de
subversão de cidadanias
negadas. Disciplinar a rua,
ordenar o bloco e
enquadrar a festa, por sua
vez, foi a estratégia dos
senhores do poder”

Foto Divulgação

Ao Nexo, ele recomendou cinco livros
sobre o Carnaval que mostram o papel
da festa na construção do Brasil


Ecos da folia

Maria Clementina Pereira Cunha

“Talvez o melhor livro sobre a
formação do Carnaval. Mostra que,
longe de ser uma festa alienada,
é o mais politizado dos fuzuês
brasileiros”


No fio da navalha

Giovanna Dealtry

“Obra de referência para entender
a cultura da malandragem. Ao não
falar explicitamente sobre o Carnaval,
acaba falando”


A subversão pelo riso

Rachel Soihet

“Mergulha no Carnaval, discute as
festas de inversão e mostra como o
riso subverte o projeto de exclusão
que a República tentou estabelecer
no Brasil”


O Brasil do Samba-Enredo

Monique Augras

“Obra de referência. Revela as escolas
de samba como agremiações que
operam em negociação constante
com os poderes instituídos”


Serra, Serrinha, Serrano

Rachel Valença e Suetônio Valença

“Melhor livro sobre uma escola de
samba que conheço, entendendo o
Império Serrano inserido em Serrinha,
comunidade que lhe originou”

Texto
Luiz Antonio Simas e Fredy Alexandrakis

Arte
Sariana Fernández

LEIA MAIS

Apoie o jornalismo
independente de qualidade
e tenha acesso ilimitado
a conteúdos como esse.

ASSINE O NEXO