A água que bebemos. E o que fazer para mantê-la limpa

Cotidiana e essencial para a vida, água pode ser contaminada por agentes físicos, químicos e biológicos. O ‘Nexo’ reuniu informações sobre o tema e dicas para atestar a potabilidade

A água que você consome está limpa? Está contaminada? Qual a  concentração de cloro que ela contém? E de outros componentes químicos? Ela atende a critérios mínimos de qualidade? De onde essa água vem? E quem é responsável por tratá-la?

Uma preocupação crescente de brasileiros que passaram a conhecer os efeitos da poluição está na contaminação da água distribuída para consumo — seja por agentes biológicos, como vírus e bactérias, seja por agentes químicos (como chumbo e glifosato) ou plástico e metal.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.