Se a cidade fosse minha: o direito à mobilidade à noite
Foto: Nacho Doce/Reuters

Se a cidade fosse minha: o direito à mobilidade à noite

Apesar da demanda, as cidades brasileiras são pouco preparadas para atender aos cidadãos que precisam se transportar no período noturno

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Exclusivo para assinantes

    Tenha acesso a todo o nosso conteúdo, incluindo expressos, gráficos, colunistas, especiais, além de newsletters exclusivas com curadoria da redação. Apoie o jornalismo independente brasileiro de qualidade.
    Assine o Nexo.