Existe ‘responsabilidade de proteger’ os refugiados
Foto: Marko Djurica/Reuters - 01.03.2016

Existe ‘responsabilidade de proteger’ os refugiados

Conceito usado para intervir militarmente em crises de direitos humanos no exterior pressiona potências europeias a acolher estrangeiros que fogem das guerras para dentro da própria Europa

O afluxo inédito de refugiados na Europa - pressionado principalmente pelas mais de 4 milhões de pessoas que fogem de cinco anos de conflito armado na Síria - impôs a potências como a Alemanha, a França e o Reino Unido desafios logísticos, econômicos e culturais bem conhecidos. Mas um aspecto inesperado da doutrina humanitária e de defesa desses países tem passado despercebido.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Gosta do nosso jornalismo?

Somos um jornal independente, por assinatura, e sem publicidade, financiado por vocês, nossos leitores. Jornalismo de qualidade no qual você pode confiar.

  • → O essencial para estar bem informado todos os dias
  • → Notícias de forma clara, equilibrada e organizada
  • → Newsletters exclusivas
  • → Acesso a nossos gráficos e especiais

Esteja conectado com o melhor da informação.
Torne-se um assinante. Junte-se ao Nexo!