Até o diesel: a queda dos combustíveis às vésperas da eleição

Petrobras anuncia redução de 3,6% no preço do óleo nas refinarias. Movimento vem após diminuições da gasolina pela estatal e mudança no ICMS, que já impactam valores nas bombas

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (4) uma redução de 3,6% no preço do diesel nas refinarias. A queda, motivada pela estabilidade do preço no exterior, de acordo com a estatal, vem após a empresa fazer diminuições nos valores cobrados pela gasolina. Os combustíveis também têm caído no país devido ao teto do ICMS, principal imposto estadual, medida impulsionada pelo governo e aprovada no Congresso. O “Durma com essa” fala sobre os possíveis efeitos desse recuo até o fim do ano. O episódio também traz a participação do cientista político Leonardo Avritzer, do Observatório das Eleições 2022, autor do primeiro de uma série de ensaios que o Nexo publica nos próximos meses, e da editora-chefe da Gama Revista, Luara Calvi Anic, que dá dicas culturais na seção “Achamos que vale”, inspirada na newsletter homônima que você pode assinar clicando aqui.

    Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

    Edição de áudio Roberto Soares

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.