Por que o plano climático do Brasil não é suficiente

Estudo da organização global Transparência Climática mostra que promessas do país para combater aquecimento global pode resultar em um aumento de 3°C até 2030, dobro da meta acordada

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Um relatório que analisou como cada país que integra o G20, grupo formado pelas maiores economias do mundo, está se saindo com a mudança climática mostrou que o Brasil não está no caminho certo para ajudar no combate ao aquecimento global. O estudo da organização Transparência Climática divulgado nesta quarta-feira (14) afirma que o país não deve alcançar a meta de limitar a 1,5ºC o aquecimento até 2030, como pactuado no Acordo de Paris assinado em 2015 por 195 países. O “Durma com essa” fala sobre a incapacidade do atual plano brasileiro de combater as mudanças climáticas. O programa traz também a redatora Fernanda Boldrin explicando o fracasso da frente ampla de oposição pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando a condenação de oito militares envolvidos nas mortes de um músico e um catador no Rio de Janeiro.

    Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

    Colaborou Roberto Soares

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.