Brasil sem máscara? O debate sobre a flexibilização

Com avanço da vacinação, prefeituras de Rio e São Paulo estudam desobrigar o uso da proteção contra a covid-19 em alguns ambientes. Para especialistas, ainda é cedo para falar em liberação total

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Com o avanço da vacinação contra a covid-19 em cidades como Rio e São Paulo, prefeituras estudam deixar de exigir o uso de máscaras em algumas situações. A cidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, derrubou totalmente a obrigatoriedade, sob fortes críticas de especialistas em saúde. O “Durma com essa” desta quarta-feira (6) trata do debate sobre a flexibilização da exigência do item de proteção, trazendo os argumentos de especialistas e autoridades no Brasil e exemplos de como outros países lidaram com o tema. O programa também traz participações da redatora Fernanda Boldrin, que fala sobre a fusão entre PSL e DEM, e do repórter especial João Paulo Charleaux, que comenta uma pesquisa sobre o apoio palestino ao conflito armado.

Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

Colaborou Roberto Soares

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.