PT e Ciro: os apelos de trégua numa relação conturbada

Após ser hostilizado por petistas em manifestação antigoverno, pré-candidato do PDT defende foco no impeachment de Bolsonaro. Episódio traz à tona série de desacordos entre os dois partidos de centro-esquerda

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Pré-candidato do PDT à Presidência em 2022, Ciro Gomes discursou ao som de vaias e foi hostilizado por militantes petistas no mais recente protesto pelo impeachment de Jair Bolsonaro, organizado por grupos e partidos de esquerda. Sua resposta foi pedir uma “trégua” até o fim de 2021 para a oposição focar em retirar o presidente do Palácio do Planalto. Em resposta, lideranças do PT lembraram atitudes do pedetista, que tem apostado tanto no antipetismo quanto no antibolsonarismo na esperança de se viabilizar como “terceira via” em 2022. O “Durma com essa” fala da relação tumultuosa entre o PDT de Ciro e o PT de Lula. O programa também tem a participação do redator Marcelo Roubicek, que comenta a revelação dos Pandora Papers, e do repórter especial João Paulo Charleaux, que fala sobre a mudança de abordagem da Nova Zelândia na pandemia.

    Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

    Colaborou Roberto Soares

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.