Como o Brasil chega à Olimpíada após uma preparação conturbada

País estreia nos jogos com goleada da seleção feminina de futebol. Delegação brasileira tem mais de 300 atletas classificados em evento marcado pela pandemia de covid-19

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

    Na quarta-feira (21), o Brasil inaugurou sua participação na Olimpíada de Tóquio com uma vitória: uma goleada da seleção feminina de futebol sobre a China. A partida aconteceu antes da cerimônia oficial de abertura dos jogos, que vai ser na sexta-feira (23). O Brasil tem mais de 300 atletas classificados para participar das competições. O “Durma com essa” trata das chances que os brasileiros têm de chegar ao pódio e as dificuldades enfrentadas pelos atletas. O episódio também tem participação do repórter especial João Paulo Charleaux, que explica como a Olimpíada impacta a a política japonesa, e da redatora Isabela Cruz, que fala sobre como a proposta do fundo eleitoral mobiliza Brasília.

    Assine o podcast: Spreaker | iTunes | Google | Spotify | Deezer | Outros apps (RSS)

    Colaborou Roberto Soares

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.