A emissão de carbono no Brasil. E o rastro da ‘boiada’ de Salles

Municípios que mais desmatam no país estão na Amazônia e também são os que mais lançam gases de efeito estufa na atmosfera. Como prometido, ministro do Meio Ambiente aproveitou a pandemia para modificar legislação ambiental

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Um estudo divulgado nesta quinta-feira (4) pelo Observatório do Clima revela que 7 dos 10 municípios que mais emitiram carbono no Brasil nos últimos anos fazem parte da região amazônica e lideram taxas de desmatamento. É a primeira vez que a rede, formada por 56 organizações da sociedade civil, mostra qual é a contribuição de cada localidade para a crise climática. O “Durma com essa” apresenta a pesquisa, fala do avanço do desmatamento e mostra que, como prometido, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, aproveitou a pandemia para “passar a boiada”. O programa traz ainda a participação do redator Cesar Gaglioni explicando os riscos de uma coinfecção pelo novo coronavírus e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando como a Alemanha aperta o cerco contra o extremismo.

Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

Colaborou Mauricio Abbade

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.