Como Bolsonaro usa a Eletrobras para afagar o mercado

Presidente entrega medida provisória ao Congresso para privatizar estatal em meio à turbulência causada pela intervenção na Petrobras

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

As ações da Eletrobras fecharam em alta nesta quarta-feira (24). O motivo é a expectativa do mercado com a venda da estatal após Jair Bolsonaro entregar uma medida provisória na terça (23) que prevê a transferência do controle da empresa ao capital privado. A ação do presidente ocorre em meio à turbulência causada pela intervenção no comando da Petrobras. O “Durma com essa” fala das brechas no discurso liberalizante de Bolsonaro e explica por que a privatização da companhia elétrica patina há anos. O programa traz ainda o redator Estêvão Bertoni falando sobre o toque de recolher em São Paulo e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando o contraste entre as vacinações de Israel e Palestina.

Assine o podcast: Soundcloud | iTunes | Google | Spotify | Deezer | Outros apps (RSS)

Colaborou Mauricio Abbade

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.