A pausa na vacinação em Manaus e os casos de fura-fila pelo país

Após denúncias de irregularidades, capital do Amazonas suspende imunização. Prefeituras de pelo menos cinco estados estão sendo investigadas por desrespeito à ordem de aplicação da proteção contra a covid-19

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Nesta quinta-feira (21), as secretarias de Saúde de Manaus e do Amazonas decidiram suspender por 24h a vacinação contra a covid-19. A medida foi anunciada em meio à investigação do Ministério Público Estadual sobre a suspeita de irregularidades na ordem de aplicação das vacinas. A prefeitura da capital amazonense nega que haja irregularidades e afirma que parou a vacinação para replanejar a campanha. O “Durma com essa” fala sobre casos de pessoas suspeitas de terem “furado fila” pela vacina no Brasil. O programa traz ainda o redator Cesar Gaglioni falando sobre o IFA, insumo essencial para a produção de imunizantes, e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando o principal ponto de contato para o Brasil obter o IFA.

Assine o podcast: Soundcloud | iTunes | Google | Spotify | Deezer | Outros apps (RSS)

Colaborou Mauricio Abbade

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.