O governo Bolsonaro avariado, desmentido e preocupado

Ministros e assessores do presidente preveem mais queda de popularidade diante da crise em Manaus, insistência em teses anticientíficas e revés na disputa das vacinas. Debate sobre impeachment ganha impulso

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Fim do auxílio emergencial. Acusações de inação diante do colapso da saúde em Manaus. Revés na disputa em torno da vacinação. Bate-cabeça na distribuição de imunizantes aos estados. Declarações infundadas desmentidas pela Anvisa e pelo Supremo. O saldo político do início de 2021 para Jair Bolsonaro é negativo e impacta sua popularidade. Ministros e assessores próximos do presidente acreditam que a situação vai piorar e se dizem preocupados, conforme revelou nesta terça-feira (19) o jornal Folha de S.Paulo. O “Durma com essa” explica os mais recentes episódios envolvendo o governo e a pandemia de covid-19, com análises do cientista político Cláudio Couto. O programa traz também o repórter especial João Paulo Charleaux comentando a importância da relação do Brasil com China e Índia para a continuidade da vacinação e o redator Marcelo Roubicek falando sobre os atritos entre o Palácio do Planalto e a direção do Banco do Brasil.

Assine o podcast: Soundcloud | iTunes | Google | Spotify | Deezer | Outros apps (RSS)

Colaborou Mauricio Abbade

ESTÁ ERRADO: Diferentemente do que afirma um trecho deste episódio, o encontro de Bolsonaro com embaixador da Índia no Brasil ocorreu na segunda-feira (18), e não no sábado (16).

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.