As quedas em série de governantes do Rio de Janeiro

Marcelo Crivella foi preso preventivamente, passando a integrar a longa lista de políticos da cidade e do estado que sucumbiram em meio a escândalos

Estamos com acesso livre temporariamente em todos os conteúdos como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos de assinatura. Assine o Nexo.

Marcelo Crivella foi preso preventivamente na manhã desta terça-feira (22). Derrotado nas eleições de novembro, o prefeito do Rio de Janeiro foi também afastado do cargo, dias antes de concluir o mandato. Ele é alvo de uma denúncia no qual é acusado de participar do chamado “QG da Propina”. Crivella passa agora a integrar a longa lista de políticos do estado e da cidade que foram para a cadeia ou tiveram de deixar o posto em meio a escândalos. O “Durma com essa” relembra o colapso da política do Rio nos últimos anos. O programa traz ainda o redator Estêvão Bertoni falando sobre as medidas dos governos locais contra a segunda onda de covid-19 e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando a decisão da Colômbia de não vacinar venezuelanos.

Assine o podcast: Soundcloud | iTunes | Google | Spotify | Deezer | Outros apps (RSS)

Colaborou Natan Novelli Tu

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.