O adiamento da eleição na capital do Amapá após o apagão

A instabilidade do fornecimento de energia em Macapá e o aumento expressivo da criminalidade foram as justificativas usadas pelo TSE na decisão

Estamos com acesso livre temporariamente em todos os conteúdos como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos de assinatura. Assine o Nexo.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, concordou na quinta-feira (12) em adiar as eleições municipais em Macapá, capital do Amapá. O estado sofre, desde 3 de novembro, com o apagão que atingiu 13 das suas 16 cidades. O “Durma com essa” fala da crise no estado e da decisão de mudar a data do pleito apenas na capital. O programa traz ainda a participação do redator Guilherme Henrique, que fala sobre o funcionamento e a segurança das urnas eletrônicas que serão usadas na votação que acontece no resto do Brasil no domingo (15).

Colaborou Mauricio Abbade

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.