Por que as eleições municipais mobilizam pouco as redes em 2020

Outros temas ocupam atenção de eleitores nas semanas finais da campanha eleitoral de 2020. Falta de interesse e pandemia podem levar a aumento na abstenção

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Quase 150 milhões de eleitores estão aptos a votar para escolher prefeitos e vereadores em 15 de novembro. Na reta final de uma campanha atípica, há sinais de que a atenção dos brasileiros está voltada para outros assuntos. As eleições municipais têm mobilizado pouco as redes sociais, apesar da expectativa de que as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus tornariam o ambiente digital mais importante no pleito. O “Durma com essa” trata do aparente desinteresse do eleitor em 2020 e seus possíveis efeitos. Traz ainda a redatora Isabela Cruz, que explica a regra que proíbe a prisão no período eleitoral, e o repórter especial João Paulo Charleaux, que comenta a recusa de Donald Trump a reconhecer a derrota nas eleições americanas.

Materiais de referência:

Colaborou Mauricio Abbade

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.