Regras ambientais revogadas: como a boiada segue passando

Conselho Nacional do Meio Ambiente derruba normas, entre as quais a que protegia 300 metros de faixas de restingas e maguezais a partir da praia. Medidas reforçam estratégia do governo de mudar dispositivos infralegais

    O Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) revogou nesta segunda-feira (28) uma série de resoluções que traziam mecanismos de conservação. Uma das normas derrubadas protegia uma faixa de 300 metros de restingas e manguezais a partir da praia. Outra estabelecia limites à exploração imobiliária à beira de represas artificiais. O órgão também deixou mais frouxas as regras para queima de agrotóxicos e para o uso da água em projetos de irrigação. O “Durma com essa” mostra como as medidas se inserem da política de desregulamentação do governo do presidente Jair Bolsonaro e do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O programa traz também o redator Cesar Gaglioni falando sobre a onda de calor em partes do Brasil e o repórter especial João Paulo Charleaux comentando as revelações do jornal The New York Times sobre o pagamento de impostos pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

    Colaborou Mauricio Abbade

    Material de referência

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.