A molécula que pode indicar a presença de vida em Vênus

Cientistas identificam gás que consideram sinal de atividade biológica microbiana na atmosfera do planeta. Descoberta coloca em evidência vizinho da Terra que até hoje foi destino de poucas missões espaciais

Estamos com acesso livre temporariamente em todos os conteúdos como uma cortesia para você experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos de assinatura. Assine o Nexo.

    Um estudo de cientistas do Reino Unido, EUA e Japão publicado na segunda-feira (14) na revista acadêmica Nature Astronomy aponta para a presença do gás fosfina nas nuvens de Vênus. Segundo os pesquisadores, isso poderia indicar a existência de vida microbiana na atmosfera do planeta. O “Durma com essa” explica a descoberta e fala com o astrofísico Marcelo Borges Fernandes, do Observatório Nacional, do Rio de Janeiro, sobre a importância do estudo e a busca por indícios de vida fora da Terra. O programa traz também participações do redator Marcelo Roubicek, que explica o que são estoques reguladores de alimentos, e do repórter especial João Paulo Charleaux, que fala sobre a situação política do presidente do Peru, Martín Vizcarra.

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.