Quarentena: as cidades do país que reabriram e fecharam de novo

Após aumento de casos de covid-19 pressionar sistema de saúde, Belo Horizonte voltou a proibir a abertura do comércio não essencial. Outras capitais também voltaram atrás na flexibilização do isolamento

A capital mineira, Belo Horizonte, voltou a fechar o comércio e os serviços não essenciais nesta segunda-feira (29). O prefeito Alexandre Kalil voltou atrás no plano de flexibilização iniciado em maio após o aumento no número de casos e mortes pelo novo coronavírus pressionar o sistema de saúde da cidade. Não é o primeiro município que recuou da abertura. Este episódio do “Durma com essa” fala sobre a ampliação das restrições em cidades como BH, Florianópolis e Porto Alegre e estados como Goiás, mesmo após períodos de reabertura. Além disso, o repórter especial João Paulo Charleaux comenta o resultado das eleições municipais na França, e o redator Guilherme Henrique fala sobre como o presidente Jair Bolsonaro tem feito acenos na direção de outros Poderes.

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.