O plano de São Paulo para sair gradualmente da quarentena

Governo estadual anuncia planejamento para reabrir economia por etapas, a depender do estágio da pandemia em cada região. Capital poderá ter comércio e shoppings funcionando com restrições a partir de junho

O governo estadual de São Paulo anunciou na quarta-feira (27) um plano de saída da quarentena, que divide o estado em regiões com base na gravidade da pandemia e cria cinco níveis graduais de reabertura. Segundo o governador João Doria, será uma “retomada consciente”. Mas especialistas consideram que a medida é prematura, pois os números da doença no estado ainda estão crescendo. Este episódio do “Durma com essa” detalha o plano e explica o que ele significa para a capital São Paulo, que poderá voltar, com restrições, a ter shopping centers e alguns tipos de comércio abertos. A redatora Isabela Cruz conta que as dificuldades do caminho para uma vacina contra o novo coronavírus não são só científicas, mas também logísticas. E o repórter especial João Paulo Charleaux comenta os limites que o Twitter impôs ao presidente americano Donald Trump.

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.