Ir direto ao conteúdo

Sleeping Giants: o perfil do Twitter contra sites de fake news

Iniciativa tenta cortar financiamento de veículos alertando empresas sobre anúncios de suas marcas em páginas que divulgam notícias falsas. Mobilização gerou protestos de Carlos Bolsonaro e de chefe da Comunicação da Presidência

    Um perfil do Twitter mobilizou intensamente a rede social ao longo desta quinta-feira (21). Lançado na segunda-feira (18), o Sleeping Giants Brasil alerta empresas sobre anúncios automáticos de suas marcas em sites que divulgam fake news. Iniciativa importada dos EUA visa a combater desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus e a crise política no país, e tem mirado sobretudo páginas bolsonaristas. Isso gerou protestos de apoiadores do presidente, como conta o “Durma com essa”. Além disso, a redatora Isabela Cruz fala sobre um ranking da Transparência Internacional sobre a qualidade das informações fornecidas por autoridades municipais e estaduais brasileiras no combate à pandemia. E o correspondente internacional João Paulo Charleaux fala sobre uma parceria naval entre Irã e Venezuela para garantir o fornecimento de petróleo refinado no país sul-americano, driblando os embargos impostos pelos EUA.

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.