A mudança no Ibama. E os desmatamentos na Amazônia

Ministro troca diretor de Proteção Ambiental após operação contra o avanço do garimpo sobre terras indígenas. Alertas de devastação aumentam no primeiro trimestre

    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nomeou nesta quarta-feira (15) um novo diretor de Proteção Ambiental do Ibama. Trata-se do coronel da Polícia Militar de São Paulo, Olímpio Ferreira Magalhães. O antigo ocupante do órgão, o major Olivaldi Azevedo, caiu na segunda-feira (13), um dia depois de o Fantástico levar ao ar uma reportagem sobre o combate a garimpos ilegais em três terras indígenas no Pará. O “Durma com essa” contextualiza essa mudança e fala sobre a apreensão dos fiscais ambientais em torno dela, tudo isso em meio ao aumento de invasões de terras indígenas e aumento de alertas de desmatamento na Amazônia. O repórter especial Camilo Rocha explica como as populações negras vêm apresentando vulnerabilidade maior em relação à covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. E o correspondente internacional João Paulo Charleaux comenta os planos de flexibilização das quarentenas na Europa.

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.