Eleições dos EUA: a desistência de Sanders e a vitória de Biden

Senador por Vermont deixa corrida por indicação do Partido Democrata. Pré-candidato moderado deve ser confirmado em convenção para enfrentar Donald Trump nas eleições de novembro

    Senador por Vermont, Bernie Sanders anunciou nesta quarta-feira (8) sua desistência da corrida à Casa Branca. O pré-candidato autointitulado “socialista democrático” admitiu não ter mais chances de alcançar Joe Biden, ex-vice-presidente considerado a opção mais moderada do Partido Democrata para enfrentar em novembro o presidente Donald Trump, republicano que disputa a reeleição. O “Durma com essa” traz ainda o correspondente internacional João Paulo Charleaux comentando os ataques de Trump à Organização Mundial da Saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. Já o repórter especial Camilo Rocha fala sobre o sucesso das lives musicais em tempos de quarentena.

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante? x

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: