Ir direto ao conteúdo

Os embates em torno dos respiradores na pandemia

Ministério da Saúde quer centralizar a distribuição de equipamentos, essenciais para tratar casos graves da covid-19, o que gerou disputa com governos estaduais. Países correm para aumentar produção do aparelho

O governo vai deixar de cobrar imposto de importação de ventiladores mecânicos, usados no tratamento da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, segundo decisão publicada na quinta-feira (26) no Diário Oficial da União. O Ministério da Saúde também proibiu a exportação do aparelho e de respiradores, e exigiu que todas as vendas feitas no Brasil tenham a sua aprovação, medida que tem sido contestada por estados e municípios na Justiça. Este é o tema principal do “Durma com essa” de hoje. O episódio também traz a participação do redator Marcelo Roubicek, que fala sobre a capacidade financeira dos estados na pandemia, e do repórter especial João Paulo Charleaux, que comenta a abordagem contraditória do México diante do novo coronavírus.

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.