Bolsonaro contra governadores: ataques, rompimento e cálculo

Presidente reforça críticas a chefes de Executivo estaduais e discute com Doria em teleconferência. Aliado, Caiado rompe com o Planalto

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte dos nossos conteúdos são exclusivos para assinantes. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

No dia seguinte ao pronunciamento de TV em que adotou um tom de confronto, Jair Bolsonaro reiterou nesta quarta-feira (25) os ataques a governadores que impõem medidas restritivas de circulação durante a pandemia do novo coronavírus. O presidente discutiu com João Doria em teleconferência e acusou o tucano de estar em campanha para 2022. Em Goiás, Ronaldo Caiado disse que Bolsonaro, de quem é próximo, quer “lavar as mãos e responsabilizar outras pessoas por um eventual colapso” na economia. O “Durma com essa” também traz o comentário do repórter especial Camilo Rocha sobre o “isolamento vertical” defendido pelo Palácio do Planalto. O correspondente internacional João Paulo Charleaux fala sobre as ações da Índia, um dos países mais populosos do mundo, para combater contaminações.

Assine o podcast: Spreaker | Apple Podcasts | Deezer | Google Podcasts | Spotify | Outros apps (RSS)

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.