O ataque machista de Bolsonaro a uma jornalista

O presidente da República fez insultos de cunho sexual à repórter da Folha de S.Paulo, Patrícia Campos Mello, ao reproduzir mentiras faladas durante um depoimento na CPI das Fake News

    Em conversa com jornalistas e apoiadores na terça-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro fez um comentário machista sobre a repórter especial da Folha de S.Paulo, Patrícia Campos Mello, no qual repetiu as mentiras e insinuações sexuais feitas na CPI das Fake News na semana passada. Não é a primeira vez que o presidente usa falsidades para atacar membros da imprensa, como mostra o “Durma com essa” de hoje. Comentários do tipo costumam vir acompanhados de um exército de apoiadores nas redes sociais para ameaçar o alvo da vez, uma prática usada com frequência pela extrema direita de vários países.

    Este episódio conta ainda com a participação do redator Estêvão Bertoni, que fala sobre a reação de Bolsonaro à morte do miliciano Adriano Nóbrega, e do correspondente de Paris João Paulo Charleaux, que explica como Bashar al-Assad recupera poder na Síria.

    Na nova temporada do “Durma com essa”, assinantes do Nexo podem enviar perguntas para o podcast sobre temas do debate público, que podem ser selecionadas e respondidas em episódios especiais. É só enviar as dúvidas pelo grupo de assinantes do jornal no Facebook ou o email durmacomessa@nexojornal.com.br. Participe!

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.