Os promotores batem à porta de Queiroz e Flávio Bolsonaro

Ministério Público comanda buscas e apreensões em endereços de suspeitos de integrarem o esquema de rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio

    O Ministério Público Estadual comandou nesta quarta-feira (18) uma série de buscas e apreensões em endereços de suspeitos de integrar o esquema de rachadinha de salários de funcionários da Assembleia Legislativa do Rio. O senador Flávio Bolsonaro, ex-deputado estadual, e Fabrício Queiroz, seu ex-assessor, estão entre os alvos. Eles criticaram a ação dos promotores. Ouça no “Durma com essa”:

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.