Ir direto ao conteúdo

A descoberta da obra de arte mais antiga da humanidade

Cientistas afirmam que pinturas rupestres em um caverna na Indonésia reúnem características da cognição moderna, que nos define como espécie

Búfalos e uma espécie de javali, cercados por figuras meio homem meio bicho com objetos de caça nas mãos. Essa cena de uma caça pintada na parede de uma caverna pode ser a primeira obra de arte narrativa que conhecemos, segundo artigo publicado nesta quarta-feira (11) na revista Nature. As pinturas datam de mais de 44 mil anos atrás e foram achadas dentro de uma caverna, em uma ilha, na Indonésia. Ouça no "Durma com essa" sobre os significados dessas imagens e sobre o que elas representam na historia da evolução humana.

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes