A posse de Fernández. E as relações entre Argentina e Brasil

Novo presidente dá início a mandato de quatro anos, marcando a volta do peronismo ao poder. Entenda como ficam as interações entre os dois países vizinhos

    Alberto Fernández assumiu a presidência da Argentina nesta terça-feira (10). Ao seu lado, estava a vice Cristina Kirchner, ex-presidente, marcando a volta do peronismo ao poder. A cerimônia de posse foi acompanhada por uma série de autoridades, entre elas o vice-presidente brasileiro Hamilton Mourão. Após hesitações, Jair Bolsonaro decidiu enviar o general da reserva a Buenos Aires, a fim de preservar a relação com um dos maiores parceiros comerciais do Brasil. Entenda no "Durma com essa" como ficam as interações entre os dois países vizinhos. Ouça:

    Material de referência:

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante? x

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: