Ir direto ao conteúdo

A nova Secretaria da Cultura do governo Bolsonaro

Roberto Alvim fez mudanças nos principais cargos da pasta e trouxe nomes ligados ao conservadorismo. Entenda o vaivém da área desde o início do ano

    A Secretaria Especial da Cultura fez mudanças em seus principais cargos nesta quarta-feira (27). Entre elas, uma nova secretária do audiovisual, Katiane de Fátima Gouvêa, que é membro da Cúpula Conservadora das Américas e não tem carreira no setor cultural. A dança das cadeiras foi feita pelo secretário da pasta, Roberto Alvim, que assumiu o cargo no início de novembro prometendo acabar com a hegemonia da esquerda na área. O “Durma com essa” fala sobre as mudanças pelas quais a área passou desde o início do governo de Jair Bolsonaro, como isso suscitou denúncias de censura, e qual o perfil de Roberto Alvim.

    Colaborou Natan Novelli Tu

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes