Ir direto ao conteúdo

A invasão da embaixada da Venezuela em Brasília

Grupo ligado ao opositor Juan Guiadó entrou pela manhã na sede diplomática do país caribenho em Brasília causando tensão durante o encontro dos Brics

    Um grupo ligado ao opositor Juan Guaidó invadiu na manhã desta quarta-feira (13) a embaixada da Venezuela em Brasília. A ação foi apoiada pelo deputado Eduardo Bolsonaro, terceiro filho do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. A tensão se instalou na capital no dia em que Bolsonaro recebia outros chefes de Estado para o encontro dos Brics, que tem entre seus membros Rússia e China, aliados do governo Nicolás Maduro. Entenda as implicações da confusão e como ela se encaixa na crise venezuelana no “Durma com essa”. Ouça:

    Colaborou Natan Novelli Tu

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes