Ir direto ao conteúdo

Como começar a ler para crianças: a obra de Eva Furnari

Conheça a obra da escritora de livros como “A Bruxinha” e “Felpo Filva” e ouça conversa com o autor Ilan Brenman sobre a situação do mercado editorial infantil brasileiro em 2019

A crise e falência de grandes redes de livrarias afetou o mercado editorial como um todo. E desde 2014 as compras de livros por parte do governo não foram restabelecidas. Isso gerou mudanças nas formas de se produzir literatura no Brasil em todos os gêneros, e as obras voltadas ao público infantil ou infantojuvenil também foram impactadas por esse movimento.

A situação do mercado é assunto do quinto episódio da série “Como começar a ler para crianças”. E a conversa é com o escritor Ilan Brenman. Ele é autor de dezenas de livros, como “Até as princesas soltam pum” (2008), “Telefone sem fio” (2011) e “Refugiados” (2019).

A vida e a obra da escritora Eva Furnari também são tema deste episódio. Furnari é brasileira de origem italiana e se destacou nos anos 1980 ao criar a personagem Bruxinha. Ela atua também como ilustradora e é reconhecida pela forma como consegue equilibrar texto e desenho em seus livros – sempre com uma pegada bem-humorada. Alguns de seus títulos mais conhecidos são "A Bruxinha" e "Felpo Filva". Ouça:

 

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.