Extrema pobreza em 2018: uma realidade para 13,5 milhões

Dados do IBGE registram aumento do número de pessoas que vivem nessas condições a partir da crise econômica

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

O Brasil tinha 13,5 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da extrema pobreza em 2018, segundo dados do IBGE. O número representa 6,5% da população. São famílias que sobrevivem com R$ 145 per capita ao mês. Desde o início da crise econômica em 2014, cerca de 4,5 milhões passaram a essa condição. Ouça no “Durma com essa”, o podcast de notícias do Nexo.

 

 

 

 

Materiais de referência

Colaborou Laila Mouallem

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.