Como começar a ler para crianças: a obra de Monteiro Lobato

Saiba mais sobre o trabalho do escritor e sobre o debate em torno da diversidade racial na literatura infantil brasileira

    Temas

    Livros infantis clássicos envelhecem? Como lidar com obras que fazem parte do cânone da literatura e trazem mensagens inadequadas ou mesmo racistas? Essas são algumas das perguntas que permeiam o terceiro episódio da série de podcasts “Como começar a ler para crianças”.

    A cada semana, a obra de um autor clássico é explorada. Esta é a vez de Monteiro Lobato, precursor da literatura infantil brasileira. Em 2019, seus livros entraram em domínio público. E, pelo menos desde 2010, seu trabalho está no centro de controvérsias: alguns dizem que, por ter teor racista, sua obra infantil não deveria ser lida; outros defendem que ela deve ser lida, sim, mas de forma crítica, com um mediador que a contextualize. 

    A entrevistada do episódio é a escritora e antropóloga Heloisa Pires Lima, autora de livros infantis como “Histórias da Preta” e pesquisadora de questões raciais envolvendo a obra de Lobato. Ouça:

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante? x

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: