Os protestos contra a indicação do novo procurador-geral

Integrantes do Ministério Público realizam atos em várias sedes do órgão pelo país e defendem independência

    Integrantes do Ministério Público de várias partes do país realizaram atos nesta segunda-feira (9) contra a indicação do novo procurador-geral da República, Augusto Aras. A principal queixa se deve ao fato de Jair Bolsonaro ter ignorado as sugestões feitas pela categoria. Os procuradores veem a atitude do presidente como uma afronta à independência do Ministério Público Federal, como mostra esta edição do “Durma com essa”. Ouça:

     

     
     

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.