O caso do adolescente torturado por furtar chocolate

Cenas mostram rapaz nu e amordaçado, sendo chicoteado por segurança de supermercado

    O caso aconteceu em agosto, mas só foi repercutir de forma ampla nesta terça-feira (3), um dia após virar assunto na imprensa e motivar a abertura de uma investigação policial. As cenas se espalharam pelas redes sociais: um adolescente de 17 anos negro, pego ao furtar chocolates, está preso numa sala reservada de um supermercado, nu e amordaçado; usando fios elétricos, um segurança chicoteia o rapaz; outro filma a cena. O “Durma com essa” mostra como a tortura é punida no Brasil e relembra outros episódios envolvendo violência de seguranças privados. Ouça:

     

    Colaborou Laila Mouallem

    ESTAVA ERRADO:  A primeira versão deste podcast dizia em um de seus trechos que policiais bateram no adolescente, quando na verdade foram seguranças privados. O áudio foi substituído, já corrigido, às 18h de 5 de setembro de 2019.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.