Os dissidentes das Farc. E mais um revés à paz na Colômbia

Ex-líderes do movimento aparecem em vídeo anunciando ‘uma nova etapa da luta armada’. Acordo de paz assinado com o governo em 2016 ainda encontra obstáculos

    Nesta quinta-feira (29), Iván Márquez, ex-número dois das antigas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, as Farc, apareceu em um vídeo anunciando “uma nova etapa da luta armada” no país. Depois do acordo de paz celebrado com o governo colombiano em 2016, as Farc viraram partido político e mudaram de nome: Força Alternativa Revolucionária do Comum. Márquez denunciou o que julga ser uma traição do presidente Iván Duque aos termos do acordo. As Farc afirmam que ainda estão empenhadas em levar em frente o processo de paz. Ouça no "Durma com essa".  

     

    Materiais de referência

    Colaborou Laila Mouallem e Matheus Pimentel

     

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.