Ir direto ao conteúdo

As dimensões sonoras de Miles Davis no disco Kind of Blue

Um dos discos mais reverenciados do jazz completou 60 anos em 2019. Entenda porque ele deixou a música do artista mais africana e menos europeia

Temas

“Kind of Blue”, do trompetista Miles Davis, é um dos trabalhos mais importantes do jazz, de um músico que é facilmente um dos nomes mais criativos do gênero. O lançamento completa 60 anos em 2019.

Baseado na ideia do "jazz modal", que privilegiava modos musicais em vez de acordes, o álbum conseguiu ser ao mesmo tempo experimental e acessível. Segundo Miles Davis, a abordagem modal permitia muito mais liberdade na hora de tocar e tornava sua música mais africana e menos europeia. Esta edição do Escuta, o podcast de música do Nexo, explica as invoações propostas pelo álbum, além de trazer um pouco da teoria musical que o embasa. O pianista e compositor Lincoln Antônio auxilia na explicação.

 

 

 

Dicas

Black Midi – Speedway

MC Tha - Rito de Passá

Prince - Nothing Compares 2 U

Músicas do programa

Miles Davis - Blue In Green

Miles Davis - So What

Dizzy Gillespie - Bebop

Miles Davis - Budo

The Dave Brubeck Quartet – Take Five

Miles Davis –  Blue'n'boogie

Miles Davis – Freddie Freeloader

Miles Davis – Milestones

Miles Davis – All Blues

Colaborou Laila Mouallem

 

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes