Ir direto ao conteúdo

Os ataques de Bolsonaro: de jornalistas ao presidente da OAB

Presidente da República provoca representante da Ordem dos Advogados do Brasil que teve pai morto pela ditadura militar nos anos 1970

    Jair Bolsonaro provocou nesta segunda-feira (29) o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, ao dizer que poderia lhe “contar a verdade” sobre seu pai. Felipe é filho de Fernando Augusto Santa Cruz de Oliveira, preso pela ditadura militar em fevereiro de 1974. Desde então, seu corpo nunca mais foi visto. Em 2012, no livro “Memórias de uma guerra suja”, o ex-delegado Cláudio Guerra diz que o corpo de Fernando foi incinerado no forno de uma usina de açúcar em Campos, no Rio. O ataque de Bolsonaro se soma a outros casos em que o presidente da República disseminou boatos, mentiras e ameaças contra figuras públicas e jornalistas. Ouça:

     

    Colaborou Laila Mouallem

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Mais recentes