Ir direto ao conteúdo

O que muda nas regras dos saques do FGTS a partir de agora

Medida anunciada pelo governo federal tenta injetar recursos em uma economia em marcha lenta

    O governo de Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (24) uma medida provisória que muda as regras para saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A partir de setembro de 2019, será possível ao trabalhador sacar parte do dinheiro que tem no fundo, inclusive em contas ativas. Este “Durma com essa” relembra a história do FGTS. E explica como o governo busca reanimar a economia com a medida. 

     

    Colaborou Laila Mouallem

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.