Os cortes que levam estudantes às ruas. E a reação do MEC

Segundo ato contra bloqueio de verbas do Ministério da Educação ocorre em 20 estados do país. Titular da pasta aparece cantando em vídeo e se diz alvo de fake news

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

Manifestantes foram às ruas nesta quinta-feira (30) protestar contra cortes de verbas da educação promovidos pelo governo federal. Foi o segundo ato do tipo – o primeiro havia acontecido em 15 de maio. Para o Ministério da Educação, professores, pais e funcionários que incentivaram a manifestação devem ser denunciados. Mais cedo, o titular da pasta, Abraham Weintraub, divulgou vídeo em que se diz alvo de uma "chuva de fake news" e aparece cantando “Singing in the rain”. Entenda neste “Durma com Essa” qual a extensão dos cortes e como o governo vem lidando com os protestos.

 

Colaborou Laura Capelhuchnik

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.