O apoio dos EUA ao Brasil no clube dos ricos, a OCDE

Administração de Donald Trump se compromete oficialmente a endossar candidatura brasileira em organização de países desenvolvidos

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (23), em reunião em Paris, que vão apoiar a candidatura do Brasil para entrar na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Conhecido como clube dos ricos, o grupo hoje conta com 36 membros. O apoio dos americanos havia sido prometido por Donald Trump após encontro com Jair Bolsonaro em março de 2019. O processo até a entrada de fato na OCDE costuma levar quatro anos. Entenda o que está em jogo nessa negociação.

 

Colaborou Laura Capelhuchnik

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.