Por que o nazismo é de direita, segundo Memorial do Holocausto

Jair Bolsonaro afirma em Israel que partido de Adolf Hitler era de esquerda e contraria consenso historiográfico

O Nexo é um jornal independente sem publicidade financiado por assinaturas. A maior parte de nossos conteúdos são exclusivos para assinantes, mas esta seção é de acesso livre sempre. Aproveite para experimentar o jornal digital mais premiado do Brasil. Conheça nossos planos. Junte-se ao Nexo!

O presidente Jair Bolsonaro visitou nesta terça-feira (2) o Memorial do Holocausto, em Jerusalém, Israel. Questionado pela imprensa se concordava com as declarações do chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, segundo as quais o nazismo era de esquerda, respondeu: “sem dúvida”. Entenda como essa afirmação contraria historiadores profissionais, o governo alemão e o próprio memorial israelense. E por que essa discussão persiste em 2019 no Brasil.

 

Colaborou Laura Capelhcuchnik

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.