Ir direto ao conteúdo

A gestão turbulenta no Ministério da Educação de Vélez

Chefe da pasta que passa por crise generalizada foi convocado para dar esclarecimentos na Comissão de Educação da Câmara

    O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, foi convocado a dar esclarecimentos na Comissão de Educação da Câmara nesta quarta-feira (27). Na terça-feira, ele havia exonerado o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), depois de um vaivém na avaliação da alfabetização no país. A demissão se soma ao menos 15 outras que ocorreram desde janeiro. Entenda neste "Durma com essa" a sequência de polêmicas, recuos e a disputa de poder que levou a pasta, que tem o segundo maior orçamento do governo, a uma crise generalizada.

     

    Colaboraram Ricardo Monteiro e Mauricio Abbade

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.