Quem foram os ‘malditos’ da música brasileira

A controversa denominação surgiu nos anos 1970 para classificar artistas que não queriam se enquadrar, como Jards Macalé, Tom Zé e Walter Franco

    Temas

    Jards Macalé, Jorge Mautner, Tom Zé, Sérgio Sampaio, Luiz Melodia, Walter Franco e Itamar Assumpção são artistas que integram o chamado clube dos “malditos” do MPB, um rótulo que nem sempre é aceito por eles.

    Na esteira do álbum de Jards Macalé, “Besta Fera”, de 2019, o "Escuta", o podcast de música do Nexo, relembra os traços e histórias de alguns dos artistas mais originais da música brasileira por meio de uma playlist comentada.

     

    Dicas

    Solange - When I Get Home

    BaianaSystem - O Futuro Não Demora

    Kankyo Ongaku: Japanese Ambient, Environmental & New Age Music 1980​-​1990

    Músicas do programa

    Jards Macalé - Trevas

    Tom Zé - Todos os olhos

    Walter Franco - Revolver

    Sergio Sampaio - Filme de Terror

    Luiz Melodia - Pérola Negra

    Jorge Mautner - Quero ser Locomotiva

    Itamar Assumpção – Luzia

    Hiroshi Yoshimura - Blink

    Ouça uma playlist no Spotify com 30 canções dos "malditos"

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante? x

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: