Ir direto ao conteúdo

A importância das comissões temáticas no Congresso

Neste ‘Politiquês’, uma conversa sobre colegiados fundamentais na aprovação ou no veto de projetos de lei

    As comissões permanentes do Congresso – ou comissões temáticas – são peça-chave no processo legislativo. A sua importância vai desde seus poderes em si, com a possibilidade de aprovar projetos em determinadas situações sem que eles precisem passar pelo plenário, até o fato de ser um dos principais fóruns de discussão dentro de um parlamento. Para entender essa dinâmica, o “Politiquês” entrevistou a Graziella Guiotti Testa, doutora em ciência política. A dica de livro é da jornalista Marcella Franco e a trilha sonora é da cantora e compositora Luê.

     

     

    Materiais de referência

    Com produção de Laila Mouallem
    e colaboração de Ricardo Monteiro

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes