Ir direto ao conteúdo

O clã Bolsonaro no governo: quando a crise é tuitada

Suspeitas de uso de candidaturas laranjas pelo PSL colocam ministro da Secretaria-Geral da Presidência na berlinda. Rede social vira instrumento de pressão

    A crise que envolve suspeitas de candidaturas laranjas do PSL nas eleições de 2018 se instalou no governo e uma dúvida ficou no ar nesta quinta-feira (14): o ministro Gustavo Bebianno, ex-presidente do partido e hoje secretário-geral da Presidência, vai ou não permanecer no cargo? Os ataques contra ele vêm do clã Bolsonaro, via tuítes de Carlos endossados pelo pai Jair. Esse é o tema do “Durma com Essa”. Ouça:

     

     

     

    Colaborou Laura Capelhuchnik

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes